Eu me chamo Antônio - Pedro Gabriel

junho 16, 2014, by Bia Rodrigues

Título: Eu me chamo Antônio
Autor(a): Pedro Gabriel.
Páginas: 192.
Editora: Intrínseca.
Onde Comprar: Compare os preços.
Classificação: ★★★★★. 

Antônio é o personagem de um romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida — suas alegrias e tristezas — em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia. 

Antônio é perito nas artes do amor, está sempre atento aos detalhes dos encontros e desencontros do coração. Quando está apaixonado, se sente nas nuvens e nada parece ter maior importância, e, quando as coisas não saem como esperado, é capaz de enxergar nas decepções um aprendizado para seguir adiante. 

Do balcão do bar, onde Antônio se apoia para escrever e desenhar, ele vê tudo acontecer, observa os passantes, aceita conversas despretensiosas por aí e atrai olhares de curiosos. Caso falte alguém especial a seu lado (situação bastante comum), Antônio sempre se acomoda na companhia dos muitos chopes pela madrugada.

A mente por trás de Antônio é Pedro Gabriel. Em outubro de 2012, ele inaugurou a página Eu me chamo Antônio no Facebook para compartilhar o que rabiscava com caneta hidrográfica em guardanapos nas noites em que batia ponto no Café Lamas, um dos mais tradicionais bares do Rio de Janeiro. 

Em seu primeiro livro, Pedro apresenta histórias vividas por seu alter ego, desde a cuidadosa aproximação da pessoa desejada, o encantamento e a paixão, até o sofrimento provocado pela ausência e a dor da perda. Os guardanapos que inspiram milhares de pessoas na internet agora estão reunidos numa caprichada edição, novo lançamento da Intrínseca.

Eu me chamo Antônio é um livro sem igual. Eu já conhecia a página do Pedro e sempre me identifiquei com sua poesia, mas o que mais me encantava mesmo era a forma de compartilhar.

A editora Intrínseca fez um trabalho incrível na diagramação desse livro - acho que é o que mais posso destacar nessa resenha - manteve a caligrafia que as vezes confundia, manteve todo o estilo que tornou ainda mais unica a poesia de Pedro.


Um outro detalhe a ser destacado é que o livro possui um Sumário, então a caligrafia muitas vezes complicada não vai interferir na leitura. Eu acho que é até um ponto interessante, tentar ler e se não conseguir consultar o sumário.


Eu me chamo Antônio é dividido em dez partes, cada parte tem poesia que de alguma forma se interliga ao tema central, minha parte favorita é a parte que se chama liberdade.

O livro tem varias fotografias que complementam o texto ou dão um plano de fundo, por mais que isso tenha diminuído a quantidade de poesia que poderia ter sido colocada eu não imagino o livro de outra forma, acho que as imagens só complementaram e tornaram o livro uma das edições mais lindas que eu li.

Um livro indispensável para todos os apaixonados por poesia, e principalmente por sentimentos que transbordaram e foram para o papel. Ouso dizer que Eu me chamo Antônio é um dos dez melhores livros que já li.



P.S: Ainda tenho dificuldade em resenhar um livro como esse, mas espero que as fotos dele digam por si só o quanto o livro é bom.


Acompanhe o blog também em: Facebook Twitter Instagram

8 comentários

  1. Olha Bia, vou confessar que não tinha muito interesse por esse livro por não saber bem do que se tratava. Mas seus comentários e as fotos mudaram isso, agora eu quero. ^^ Ótima resenha.

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é a coisa mais linda; já folheei tantas e tantas vezes na livraria, mas acabava não comprando. Acho que seria um livro legal para ter na estante e consultar (e se encantar) vez ou outra.

    Beijinhos, Livro Lab

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é muito fofo, estou doida pra ler *oo*
    Dá uma baita inspiração ^^
    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bia! Nunca mais vim aqui, mas vi o livro e decidi comentar, porque awnnn. Adoro as frases dele, é tudo tão simples e tão perfeito. Cabem em qualquer momento! Simplesmente muitoamô! <33

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Que livro, fofo! Achei a capa muito parecida com a capa de Óculos, Aparelho e Rock'n' Roll que por sinal é da mesma editora!
    http://toobege.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Bia!
    Eu estou doida pra ter esse livro, deve ser a coisa mais linda! *-*
    Eu não conhecia o trabalho do Pedro antes de sair o livro, e fiquei sabendo agora que é o que ele rabiscava enquanto trabalhava =D
    Suas fotos do livro ficaram super lindas, e adorei sua resenha!
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Bia, tudo bom?
    Sempre li muitas poesias por aí... E esse livro sempre me chamou muito a atenção. Um dia ainda vou comprar e ter esta obra maravilhosa pra mim! ♥
    A resenha ficou ótima, melhor... Impossível!
    Beijos.
    Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
  8. Tenho que confessar que não tinha a minima vontade de ler esse livro. Já tinha lido milhares de resenhas e achava que fosse um livro qualquer. Mas me interessei pelas fotos que você postou e vou curtir a pagina do autor. Quem sabe eu não me interesso ainda mais, né?

    Beijoooooks
    www.modateensworld.com.br

    ResponderExcluir

Leio todos os comentários com muito carinho e sempre respondo, então volte para conferir.

Instagram

Like us on Facebook

About us