Resenha: Rose na tempestade

fevereiro 13, 2014, by Bia Rodrigues

Título: Rose na tempestade
Autor: Jon Katz
Páginas: 240
Editora: Novo Conceito
Onde Comprar: Compare os preços
Classificação: ★★ 

Para ele seria difícil compreender o amor. A não ser que uma cachorrinha pudesse ensiná-lo... Antes que fosse tarde.

No meio de uma terrível nevasca, a cadelinha Rose insiste em dar conta de seu trabalho como pastora enquanto nos deixa a par de suas curiosas reflexões: onde está Katie, que ela nunca mais viu, embora seja capaz de sentir sua presença em todo lugar? Quem será aquele cachorro selvagem que parece seu amigo? Por que Carol, a mula, fica parada mesmo debaixo de toda a neve que cai? E onde foi parar Sam, que sumiu depois daquele barulho todo? Mas Rose não tem muito tempo para suas reflexões divertidas — e às vezes bem corretas. Agora ela deve voltar sua atenção para uma coisa muito mais séria: correr atrás de Sam, tentar encontrá-lo e, quem sabe, salvá-lo. No entanto, alguns perigos podem ser intransponíveis para uma cachorrinha...

“Rose não entendeu as palavras e Sam não soou como em geral fazia, quando lhe dava comandos. Mas, apesar disso, ela captou o chamado ao trabalho.”

Rose na tempestade é um livro que pela sinopse faz você pensar que pegou para ler um livro com uma historia linda e emocionante, mas na verdade o que aconteceu não foi bem isso. O que aconteceu foi que o que parecia que seria uma historia emocionante se tornou uma das historias mais monótonas que já li.

O livro é narrado em terceira pessoa e os animais são animais mesmo sabe, não falam. Nele o que temos acesso são aos pensamentos da cachorrinha Rose. Uma cachorrinha muito inteligente e adorável, o grande motivo de não ter abandonado esse livro foi por que criei um carinho muito grande por ela.

Sam é um personagem bem chato, o autor não conseguiu trabalhar muito bem o personagem e ele acabou se tornando apenas um nome nas paginas. Não teve essência e muito menos foi um personagem com o qual você consegue se identificar.

O ponto alto do livro é quando Sam começa a perceber o quanto Rose é uma cachorrinha especial e começa a demonstrar mais afeto por ela. Mas esse acontecimento não torna o livro bom, apena faz com que em um único momento você sinta que a leitura valeu a pena.

Com relação ao trabalho da editora não tenho reclamação. A capa esta maravilhosa e não encontrei erros de revisão. Gosto da diagramação, como sempre nesse ponto a Novo Conceito fez um trabalho maravilhoso.

Em resumo a leitura de Rose na tempestade foi uma leitura bastante cansativa. O autor até tinha uma premissa interessante para a historia porem não a desenvolveu bem e no final acabou não colocando o elemento emoção que a sinopse deu a entender que o livro ia ter.


Acompanhe o blog também em: Facebook | Twitter | Instagram

4 comentários

  1. Eita, depois dessa resenha... não quero nem ler.

    xoxo
    Mila F.
    De Livro em Livro

    ResponderExcluir
  2. Eu já tinha lido uma resenha desse livro, acho. Sei lá, eu gosto de cachorros, mas não me imagino sentando e lendo umas duas horas sobre a história de uma cachorrinha e seus pensamentos ahsudiahdiuahui

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Li outro livro desse autor e não pensei duas vezes antes de comprar. Como li outra resenha bem positiva, só resta tirar minha própria opinião.

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Leio todos os comentários com muito carinho e sempre respondo, então volte para conferir.

Instagram

Like us on Facebook

About us